© 2017 Mamatraca - Site criado por Confia.Me

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon

04/06/2018

Reflexiva, pensando na vida. E como as mulheres mães acumulam funções. Eu perguntei no Facebook quais seriam as prioridades das mulheres que me acompanham, entre cuidar de filhos, de casa, trabalhar, estudar, exercer controle social. Várias delas tem muito categoricamente que priorizam (ou gostariam de poder priorizar) o trabalho. Outras sem dúvida os filhos. Outras, como eu, teriam mais dificuldade de escolher entre uma coisa e outra. Eu queria poder fazer tudo. Atualmente até faço, mas não sem grandes prejuízos emocionais, de saúde e de qualidade para as minhas atuações.  Então achei bom escrever sobre o mundo ideal. Para que ele exista pelo menos nos meus sonhos.  Tem apenas uma coisa que eu (pessoalmente) não gostaria de fazer, que é o planejamento doméstico. As outras eu acho que tem como conjugar tudo, num cenário utópico, onde seríamos vistas como gente, e não como peças de uma engrenagem. Como eu queria a vida para mim no mundo dos meus sonhos. Depois me conta se atende os s...

14/05/2018

O efeito mãezinha é uma doença social pouco estudada que determina que em qualquer espaço onde houver uma mãe ela será considerada a pessoa mais incapaz para qualquer atividade que deva ser realizada, mesmo que seja algo que dependa exclusivamente dela. Vamos falar de maternidade? Chama um homem especialista. Tipo isso. Por exemplo, parto e amamentação. Vocês viram a primeira cena do #ORP2 correto? ​​   Quem manda no parto é o médico, quem manda na amamentação é o pediatra, quem manda na criação dos filhos é a sociedade inteira, e à mãezinha cabe não atrapalhar. "Não coloca a mão para não contaminar". Estudos empíricos das mãezinhas revoltosas, organizadas entre um pega-na-escola e um será-que-tem-febre, comprovam que o efeito mãezinha não tem cura. A mãe é aquela que será tutelável, repreensível, avaliável, um limbo entre ser uma criança desprezada e um adulto incompetente, com requintes de refinamento dessa opressão hedionda de acordo com a raça e classe da mãezinha. Qu...

05/09/2017

Por que a piada sobre licença paternidade e Copa do Mundo é machista? "Se você engravidar sua mulher na próxima semana, terá dias semanas de licença paternidade na próxima copa." Na última quinzena temos nos deparado com notícias medonhas de abuso, estupro e violência das mais variadas ordens contra as mulheres. Pode parecer piadinha infame (ai que bom que o mundo era quando a gente podia fazer piada não é mesmo, agora as feministas não deixam mais...) só que não é piadinha. O fato de ter viralizado dessa forma comprova: todo mundo se diverte quando as mulheres permanecem num estado subjugado. Ora, mas Anne o que tem à ver licença paternidade na Copa com subjugar a mulher?  Olha, no mundo que eu quero viver, alguém que sugere que se deva colocar um filho no mundo para ter folga e assistir a Copa de futebol é um perfeito idiota. Porque nessa piada simples está incutido o óbvio: mulheres criam os filhos sozinhas. Estatisticamente, mais de 40% das mães são solo (criam os filh...

Please reload

PROJETO CLAREAR

COM CEILA SANTOS

 

ESPECIAIS

Please reload