© 2017 Mamatraca - Site criado por Confia.Me

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon

18/03/2015

Portanto, pesquisas pró aleitamento são sempre muito bem-vindas! Mas permitam-nos refletir sobre seus argumentos, porque esse isoladamente (o da vantagem financeira e inteligência) dá um trimilique na nuca, quando pensamos no ato de amamentar como entrega emocional, física, mental e espiritual de uma mãe, quiçá de toda uma família. E não como um depósito num fundo de finanças para o futuro. De qualquer forma, para quem está amamentando, não duvide dos benefícios a longo prazo, individuais e para o coletivo. Mas uma dica singela é focar-se no momento. Que mesmo que seja prolongado, passa rápido. <3

22/10/2014

Uma leitora do Mamatraca me contou que está amamentando suas filhas gêmeas em livre demanda de leite materno há mais de dois meses. O que seria uma história já gratificante, visto os parcos índices de amamentação exclusiva no país, o que dirá para gêmeos, se transforma em um banho de amor com requintes de vitória, acompanhem: A filha mais velha, desmamada precocemente em virtude do clássico combo que leva a maioria das mulheres a interromper a amamentação (falta de orientação profissional adequada, falta de apoio social, excesso de oferta de substitutos e publicidade desregulada dos mesmos) começou a pedir para mamar também. E perto dos quatro anos, tem vivido com a mãe e as irmãs um resgate de sua história com o peito. Amamentação, é amor. Só nos resta desejar à Nestlé vida longa. Para que ela veja cada dia mais nossa vitória. ;) Foto: Infância Livre de Consumismo

Please reload

PROJETO CLAREAR

COM CEILA SANTOS

 

ESPECIAIS

Please reload