© 2017 Mamatraca - Site criado por Confia.Me

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon

17/11/2011

Sua experiência resultou em uma linha de pensamento única sobre a realidade emocional das mulheres que se tornam mães e o universo dos bebês. Este ano teve seu primeiro livro, La Maternidad y el encuentro con la propia sombra, traduzido para o português. Imperdível.  Sendo trabalhadoras, temos reconhecimento social. Permanecendo em casa, não. E a capacidade de contato físico e emocional, a entrega, a presença e a disponibilidade que podemos oferecer ao bebê depende de nossas próprias experiências pessoais, quer dizer, daquilo que aconteceu na nossa infância. Se temos histórias de desamparo, de solidão, de medo, de abuso ou mentiras, é pouco provável que tenhamos recursos emocionais para dar prioridade às necessidades da criança. Então o trabalho ou as atividades sociais são nosso melhor refúgio.

26/10/2011

O nome dado a uma criança pode, de alguma forma, influenciar sua vida e fazer a diferença na formação da sua personalidade. O nome escolhido expressa os desejos dos pais depositados no bebê esperado. Quando um bebê nasce, ele ocupa um lugar específico na familia e sofrerá as influências da motivação dos pais. Por exemplo, se ele veio para suprir a perda de um ente querido, se veio pré-destinado a salvar a relação conjugal de seus pais... Ou se é fruto do desejo genuíno dos pais de serem pais!  Enfim, por que esse bebê foi gerado agora? As expectativas dos pais são projetadas nesse(a) filho(a) de um modo inconsciente e o seu nome, muita vezes, sintetiza essas aspirações que terão influência na estruturação egóica, do ideal de ego e superego, ou seja, em todos os modos de agir, de pensar e de funcionar de sua personalidade.

Please reload

PROJETO CLAREAR

COM CEILA SANTOS

 

ESPECIAIS

Please reload