© 2017 Mamatraca - Site criado por Confia.Me

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon

Destralhe sua casa com Thais Godinho

19/01/2012

Thais Godinho é publicitária, mãe e beatlemaníaca. Também é autora do imperdível blog Vida Organizada, onde escreve um pouco sobre organização no dia-a-dia. Ela descobriu que, fazendo o mínimo necessário, de pouco em pouco, é possível manter a vida em ordem. Por isso, Thaís é a nossa entrevistada mais do que especial nesta semana em que o Mamatraca fala sobre organização. Para ela, que encontrou um método americano para organizar a sua vida, o FLY Lady, é fundamental cada família descobrir sua própria dinâmica para manter a casa organizada, mas uma dica é infalível: destralhe a casa!

 

 

 

 

Uma das frases que você mais usa é “O segredo para se manter organizado é livrar-se da tralha.” O que é considerado tralha?

 

Eu acredito que você deva manter em casa somente o que tem utilidade, o que tem algum valor emocional ou o que te coloque um sorriso no rosto. Todo o resto, na minha opinião, é tralha. Aquele monte de tupperware que você nunca vai usar, aquela pilha de revistas que você comprou e foi acumulando, uma roupa comprada em liquidação e que nunca foi usada etc.

 

Como você descobriu o método Fly Lady e por que ele funciona? 


Descobri há uns seis anos pesquisando sobre o assunto na internet. O método se baseia em criar pequenas rotinas de limpeza e arrumação para o dia-a-dia. A FLY Lady separa a casa por zonas, onde cada cômodo é trabalhado com mais profundidade a cada semana. O método envolve bastante coisa mesmo. Tenho um post explicando como começar no sistema.

 

Qual é o segredo para não desistir de seguir um método depois de um tempo? É preciso continuar seguindo à risca para funcionar?

 

Nunca segui à risca. Sempre adaptei às minhas necessidades. No meu caso, eu o mantive porque funcionava para mim e para a nossa casa. Acredito que o grande segredo é descobrir a dinâmica de nossa própria casa e ir adaptando os diversos métodos a ela. Organização se trata de solução para os problemas, para facilitar sua vida. Se está gerando mais estresse e problemas, você está fazendo isso errado.

 

Qual o impacto que a chegada de um bebê pode tem pra quem é ultra organizada?

 

Total! Parei de pensar na perfeição e passei a focar no suficiente. E também no que é importante, claro. Eu nunca deixei de ficar com o meu filho para arrumar pastas, por exemplo. Gosto de ser organizada, mas sem exageros.

 

Depois que temos filhos é ainda mais relevante se preocupar com organização? Por que?

 

Sim, acredito que sim. Porque nossa vida fica potencialmente caótica e é muita informação para manter na cabeça. Se você tiver um bom sistema de organização, confiável, o seu dia-a-dia se torna mais tranquilo.

 

Papéis e brinquedos parecem ser os grandes vilões que lutam contra a organização de qualquer casa. Como lidar com eles?

 

Sou bem liberal com relação ao meu filho. Eu prefiro deixá-lo brincar e recolher uma vez por dia os brinquedos a me estressar e não deixá-lo fazer nada. Prefiro chamar a atenção somente quando ele faz coisas que realmente não deveria (como riscar as paredes) ou perigosas (subir no sofá). Com relação aos brinquedos, prefiro que ele não tenha tantos. Sempre que ele se cansa de um brinquedo, eu dôo para outras crianças ou para alguma instituição de caridade. No momento, ele tem até bastante brinquedos. Organizo em uma estante, uma caixa de madeira e dois cestos de plástico. Eu também gosto de envolvê-lo na arrumação e ele adora guardar os brinquedos! Mas é só terminar de guardar que ele quer virar a caixa de cabeça para baixo, para bagunçar! Eu não me importo. Acredito que, com mais de um filho, esse assunto seja mais problemático e é importante envolver sempre a família toda no processo de arrumação.

Com relação à papelada, considero um assunto que demanda disciplina constante. Para mim, o essencial é filtrar todo papel que entra em casa. Toda vez que pego um papel na mão, decido se vai para o lixo, se preciso tomar alguma ação a respeito ou se preciso guardar como referência. 90% vai para o lixo.

 

Que dicas-chave você daria para quem vive na bagunça e quer mudar isso em 2012?

 

Destralhar a casa em primeiro lugar. Em segundo, comprar menos. Em terceiro, ter uma listinha de tarefas essenciais para fazer todos os dias em casa. Eu acho que esses três hábitos já fazem milagres.

Please reload

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Gostou do Texto? Apoie para o que o Mamatraca siga livre de publicidade corporativa!

Não pode doar? Comente, curta, compartilhe e volte sempre!

Please reload