© 2017 Mamatraca - Site criado por Confia.Me

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon

Como criar filhos no mundo neoliberal

23/03/2017

 

 

Bem-vindas! À partir de hoje é oficial, você está criando seu filho para viver no mundo neoliberal.

A missão é simples. Tudo o que você precisa fazer é ensiná-los a serem herdeiros. Eles vão tocar seus negócios bem sucedidos já construídos, seus bens e imóveis e sua gorda poupança. Ufa, tranquilo!

Mas se você não tiver nada disso, seus filhos vão precisar trabalhar para alguém. Não se preocupe muito, basta que você os prepare então para serem profissionais exemplares, com alta competitividade. Empresários de si mesmos! 

Essa tarefa também é simples: Esqueça as teorias de igualdade, "mais amor por favor", e os valores humanos que você vem ensinando. Isso é balela. Nada disso presta para sobreviver à competitividade do mercado que oficialmente se apresenta, já que os direitos básicos são agora mercadorias.

Saúde, educação, comida, moradia. Compra quem tem. Quem não tem, que se mate para conseguir. Ensinem seus filhos que o que importa é ter dinheiro para comprar as coisas. Essa é a grande sacada.

Não precisa nem dizer que cabe à você precisará prover tudo, certo? Educação de ponta, plano de saúde, seguro de aposentadoria. Assim ele chegará no mercado de trabalho sem dar despesa para seu patrão. Que bom. Isso que é um empresário de si mesmo, com grandes chances de sucesso no futuro!

Nada provindo de políticas públicas, é claro. Nada de escola pública de qualidade, afinal a escola pública será para formar a massa trabalhadora sem direitos que vai se digladiar por uma vaga que oferecerá o mínimo. Mas se você dá conta de oferecer, Mestrado, Doutorado, MBA, várias línguas, nem se preocupe com esse povo. Com um pouquinho de sorte e o suor de seu rosto, seu filho será o chefe deles.

Agora, se você tem condição de prover só uma parte disso, calma! Não está tão desesperador para você. Continua sendo até fácil, veja:

Ensine então seus filhos a se esforçarem bastante para diminuírem o prejuízo que você causou na vida deles por não ter provido o suficiente. Lembrem-se sempre de invocar a meritocracia. Se ele não for um grande sucesso no futuro, é porque ele não se esforçou o suficiente. Assim como você.

Não se esqueça de informá-los que eles terão que educar também os filhos deles assim: afinal são 20 anos de congelamento em investimentos em políticas públicas e eles estarão todos competindo com o pessoal dos grupos acima, os herdeiros que sempre tudo tiveram.

Se seus filhos se esforçarem bastante, trabalhando e não pensando, seus netos talvez saiam uns 3cm na frente na hora de disputar por aquela vaga de contrato de 9 meses, sem garantia de recontratação. Talvez isso dê uma esvaziada no Natal da família, uma pena. Afinal, férias e décimo terceiro pra que, né? E já vai se preparando também para sustentar seus netos, afinal, a mãe deles vai perder o emprego quando engravidar. Vai ser duro, mas vocês conseguem.

Mas por fim se você não tem condição de prover nada disso, bem, você deve então se resignar mesmo. Muito possivelmente nada será melhor para você e sua família, mas aceite: a culpa é sua que não nasceu rica. Siga a metodologia do trabalhar bastante, pensar pouquinho e conforme-se com a privatização do Brasil. Pelo menos vai ter papel higiênico nos parques.

Diga um amém para corrupção engedrada em todos os meios de produção, favorecendo grandes empresários e políticos corruptos, que atuam para defender as empresas e não as pessoas. Aceite que dói menos. Vote PSDB! 

Acredite na lição de João Dória: a escolha de bem suceder é sempre sua! Essa é a filosofia da liberdade! Escolho que meu filho será patrão ou empregado e isso só dependerá do meu esforço! O futuro está nas minhas mãos!

Claro, esqueçam direitos de aposentadoria, concursos públicos, licença maternidade? Nem pensar! Esqueça o SUS, esqueça a filosofia, esqueça os projetos públicos culturais. esqueça o passado. Foco nesse futuro promissor que seu filho tem.

Ah, mas não se esqueçam, junto à toda essa criação para o neoliberalismo: evitem serem estupradas, se engravidarem sem querer azar seu, filho é para amar, escapem da violência obstétrica, amamentem, façam cama compartilhada, só sirvam comida de verdade, não deixem bebê chorando, voltem a trabalhar, garantam o espaço da mulher no mercado de trabalho, continuem colaborando com a economia apontando as flutuações do mercado. Dêem conta! 

Vocês conseguirão, tenho certeza!

É isso. 
TCHAU QUERIDAS!

Criem seus filhos para o mundo neoliberal.
A tarefa é simples.
Boa Sorte!

>>> Cabe sempre lembrar que na ruptura do processo democrático do Brasil, através do GOLPE que depôs a presidente eleita, o projeto de governo neoliberal que está nos atropelando não foi escolhido nas urnas. Não é uma democracia. <<<<

(Crie seu filho nesse contexto também)

Please reload

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Gostou do Texto? Apoie para o que o Mamatraca siga livre de publicidade corporativa!

Não pode doar? Comente, curta, compartilhe e volte sempre!

Please reload